Escolha uma Página

Escrito por Pr. Tim Barrett
Distribuído pelo Ministérios IBE

O Velho Testamento proibia.

“Pelos mortos não dareis golpes na vossa carne; nem fareis marca alguma sobre vós. Eu sou o SENHOR.” – Levítico 19:28

Sim, existem mandamentos no Velho Testamento como guardar o sábado e evitar certos tipos de comida que não são para nós observarmos hoje. (Romanos 14:2-3; 1 Tim. 4:1-5; Col. 2:16)  Mas grande parte do Velho Testamento são mandamentos e princípios que Deus espera de Seu povo ainda hoje também.  Veja 1 Coríntios 10, por exemplo!  Você tem absoluta certeza de que o que Deus proibiu para o Seu povo naquela época quanto à fazer marcas sobre o corpo não se aplica para hoje?  Veja o próximo versículo, por exemplo:  “Não contaminarás a tua filha, fazendo-a prostituir-se; para que a terra não se prostitua, nem se encha de maldade.” – Levitico 19:29.  Não existe outro lugar na Bíblia onde Deus diz para não entregarmos nossas filhas para a prostituição.  Então é certo fazê-lo?!

Alguns tentam contestar  dizendo  que em Levítico 19:28 Deus estava proibindo que se fizessem marcas nos corpos “pelos mortos” como os povos pagãos faziam.  Sim, Deus não queria que eles se ferissem (dessem golpes) na carne por causa dos mortos.  Mas note que a frase seguinte, “nem fareis marca alguma sobre vós”, está separada por um ponto e vírgula.  Deus estava dizendo categoricamente que não queria que fizessem marca alguma sobre o corpo deles, independentemente de ser pelos mortos ou não.

O Povo de Deus nunca deve se associar ou se identificar com o mal.

“Examinai tudo. Retende o bem. Abstende-vos de toda a aparência do mal.” – 1 Tessalonicenses. 5:21-22

“E não comuniqueis com as obras infrutuosas das trevas, mas antes condenai-as.” – Efésios 5:11

“Rogo-vos, pois, irmãos, pela compaixão de Deus, que apresenteis os vossos corpos em sacrifício vivo, santo e agradável a Deus, que é o vosso culto racional.  E não sede conformados com este mundo, mas sede transformados pela renovação do vosso entendimento, para que experimenteis qual seja a boa, agradável, e perfeita vontade de Deus.” – Romanos 12:1-2

Antes digo que as coisas que os gentios sacrificam, as sacrificam aos demônios, e não a Deus. E não quero que sejais participantes com os demônios.  Não podeis beber o cálice do Senhor e o cálice dos demônios; não podeis ser participantes da mesa do Senhor e da mesa dos demônios.  Ou irritaremos o Senhor? Somos nós mais fortes do que ele? – 1 Coríntios 10:20-22

Tatuagens (profanar o corpo por cortá-lo, queimá-lo e manchá-lo permanentemente) ainda são associadas a paganismo, idolatria, rebelião, imoralidade, estilos de vida licenciosos, perversão, mundanismo e sensualidade.

[A perfuração discreta das orelhas por mulheres (brincos para mulheres), semelhante ao que Sara e Rebeca fizeram na Bíblia,  não é associada com nenhum mal em nossa sociedade e não comunica algo pecaminoso, consequentemente é aceitável, ao nosso ver, para a mulher piedosa, e não traz vergonha nenhuma ao nome de Cristo.]

O crente nunca deve ser causa de tropeço ou ofensa espiritual para alguém.

“Portai-vos de modo que não deis escândalo nem aos judeus, nem aos gregos, nem à igreja de Deus.” – 1 Cor. 10:32

“Não dando nós escândalo em coisa alguma, para que o nosso ministério não seja censurado;”  2 Cor. 6:3

Porque, se alguém te vir a ti, que tens ciência, sentado à mesa no templo dos ídolos, não será a consciência do que é fraco induzida a comer das coisas sacrificadas aos ídolos? – 1 Coríntios 8:10

Bom é não comer carne, nem beber vinho, nem fazer outras coisas em que teu irmão tropece, ou se escandalize, ou se enfraqueça.  Tens tu fé? Tem-na em ti mesmo diante de Deus. Bem-aventurado aquele que não se condena a si mesmo naquilo que aprova.  Mas aquele que tem dúvidas, se come está condenado, porque não come por fé; e tudo o que não é de fé é pecado. – Romanos 14:21-23

Existem muitos crentes piedosos (e até pessoas do mundo!) que vêem tatuagem como algo errado, pecaminoso, rebelde, licencioso, devasso, etc.    Sabemos, também, que muitas pessoas se tatuam para chamar atenção para partes do corpo como algo “sensual”.   O que tatuagens fazem pessoas pensar de você?  Crentes podem se ofender com este tipo de comportamento?  Sabendo a resposta a estas perguntas, com certeza devemos evitar um ato assim!

A atitude de “faço o que quero” e “não me importa o que outros pensam” é uma atitude anti-cristã, típico desta época de apostasia; não é atitude de alguém que verdadeiramente ama a Cristo.

“Porque virá tempo em que não suportarão a sã doutrina; mas, tendo comichão nos ouvidos, amontoarão para si doutores conforme as suas próprias concupiscências;  E desviarão os ouvidos da verdade, voltando às fábulas.” – 2 Timóteo 4:3-4

O corpo do crente não pertence a si mesmo, mas é o templo do Espírito Santo.

“Ou não sabeis que o vosso corpo é o templo do Espírito Santo, que habita em vós, proveniente de Deus, e que não sois de vós mesmos? – 1 Coríntios 6:19

“Se alguém destruir o templo de Deus, Deus o destruirá; porque o templo de Deus, que sois vós, é santo.” – 1 Coríntios 3:16-17

“E não entristeçais o Espírito Santo de Deus, no qual estais selados para o dia da redenção.” – Efésios 4:30

E se tatuar algum “símbolo cristão” no corpo?

Você ainda está comunicando  a “aparência do mal” (1 Tess. 5:22).  O crente não deve ir “socialmente” a um bar durante o “happy hour”, por exemplo, nem se for só para beber refrigerantes ou porque está vestindo um boné estampado com versículos bíblicos.  E mesmo estes “símbolos cristãos” de “tatuagens evangélicas” são muitas vezes ambíguos e questionáveis.  O próprio mundo usa figuras de cruz, por exemplo, como símbolos de atos pagãos.  Além disto, muitos dos “crentes” que estão usando estes tipos de tatuagens têm um estilo de vida completamente diferente da vida piedosa como vemos descrita na Palavra de Deus.  Muitos deles declaram abertamente que usam tatuagens para mostrar que são “livres”, que são “bacanas”, ou até mesmo porque os fazem sentir mais “sensuais”.

Em vez de tatuar o corpo (um ato duvidoso e questionável) para supostamente “ser um testemunho”, que tal VIVER para Cristo e GLORIFICAR a Deus em seu CORPO sendo um SACRIFICIO VIVO, SANTO E AGRADÁVEL a Deus?!

“Rogo-vos, pois, irmãos, pela compaixão de Deus, que apresenteis os vossos corpos em sacrifício vivo, santo e agradável a Deus, que é o vosso culto racional.  E não sede conformados com este mundo, mas sede transformados pela renovação do vosso entendimento, para que experimenteis qual seja a boa, agradável, e perfeita vontade de Deus.” – Romanos 12:1-2

“Segundo a minha intensa expectação e esperança, de que em nada serei confundido; antes, com toda a confiança, Cristo será, tanto agora como sempre, engrandecido no meu corpo, seja pela vida, seja pela morte.” – Filipenses 1:20

“Havendo, pois, de perecer todas estas coisas, que pessoas vos convém ser em santo trato, e piedade,” –  2 Peter 3:11

Jesus tem uma tatuagem?

Você acredita que alguns “evangélicos” dizem isto e destorcem um versículo em Apocalipse para justificar os seus atos mundanos.

E vi o céu aberto, e eis um cavalo branco; e o que estava assentado sobre ele chama-se Fiel e Verdadeiro; e julga e peleja com justiça.  E os seus olhos eram como chama de fogo; e sobre a sua cabeça havia muitos diademas; e tinha um nome escrito, que ninguém sabia senão ele mesmo.  E estava vestido de uma veste salpicada de sangue; e o nome pelo qual se chama é a Palavra de Deus.  E seguiam-no os exércitos no céu em cavalos brancos, e vestidos de linho fino, branco e puro.  E da sua boca saía uma aguda espada, para ferir com ela as nações; e ele as regerá com vara de ferro; e ele mesmo é o que pisa o lagar do vinho do furor e da ira do Deus Todo-Poderoso.  E no manto e na sua coxa tem escrito este nome: Rei dos reis, e Senhor dos senhores. – Apocalipse 19:11-16

Não seja ridículo!  Que blasfêmia usar um versículo destes para dizer que Jesus tem uma tatuagem!  Jesus Cristo é perfeito e sem pecado.  Quando estava aqui na terra cumpriu perfeitamente toda a Lei e jamais teria feito algo para profanar o seu corpo ou dar mal testemunho.  Se Jesus tivesse uma tatuagem, Ele claramente teria quebrado o mandamento de Levíticos e Deuteronômio.  Sendo assim, não seria santo e imaculado e, portanto, não poderia ter morrido por nossos pecados.  Todos nós estaríamos perdidos e a caminho do inferno.

“Sabendo que não foi com coisas corruptíveis, como prata ou ouro, que fostes resgatados da vossa vã maneira de viver que por tradição recebestes dos vossos pais,  Mas com o precioso sangue de Cristo, como de um cordeiro imaculado e incontaminado,” – 1 Peter 1:18-19

O que está dizendo Apocalipse 19:16?

O livro de Apocalipse é um livro que descreve eventos futuros literais, mas está cheio de simbologia que procuramos interpretar corretamente pelo contexto.  Apocalipse descreve a segunda vinda de Jesus Cristo, chegando em glória e derrotando as nações rebeldes pelo Seu poder.  Geralmente um general guerreiro carregava uma espada à sua coxa.  A espada de Jesus será a Sua própria Palavra com a qual destruirá os Seus inimigos.  No seu manto e à sua coxa (entendendo-se que sob sua vestimenta) carregará as palavras Rei dos reis e Senhor dos senhores.  Este é o seu brasão, como se fosse.   Isto de jeito nenhum significa que Ele tem uma tatuagem na coxa descoberto, mas que as palavras se viam escritas na parte da Sua capa que cobria a coxa.  De qualquer jeito, a palavra usada é “escrito” e não “marcado”/“tatuado”!

Mesmo se não fosse crente não me tatuaria!

  1. Tatuagens são permanentes e você poderá vir a se arrepender depois (a cabeça muda, o corpo muda, envelhece, etc.). Seria muito difícil e doloroso, talvez impossível, retirá-lo posteriormente
  2. Tatuagens e piercings podem causar doenças muitos graves, tanto na hora em que são aplicadas quanto depois, por causa de infecções ou outras doenças sanguíneas e de pele.
  3. Tatuagens ainda são mal vistas por muitos que são do mundo, até na hora de procurar um emprego.

E se fiz tatuagem antes de ser salvo.

Se você colocou a sua fé em Cristo, Deus lhe perdoou.

“Não erreis: nem os devassos, nem os idólatras, nem os adúlteros, nem os efeminados, nem os sodomitas, nem os ladrões, nem os avarentos, nem os bêbados, nem os maldizentes, nem os roubadores herdarão o reino de Deus.  E é o que alguns têm sido; mas haveis sido lavados, mas haveis sido santificados, mas haveis sido justificados em nome do Senhor Jesus, e pelo Espírito do nosso Deus.” – 1 Coríntios 6:10-11

Olhe para a frente!   Viva para Cristo hoje!

“Não que já a tenha alcançado, ou que seja perfeito; mas prossigo para alcançar aquilo para o que fui também preso por Cristo Jesus.  Irmãos, quanto a mim, não julgo que o haja alcançado; mas uma coisa faço, e é que, esquecendo-me das coisas que atrás ficam, e avançando para as que estão diante de mim, Prossigo para o alvo, pelo prêmio da soberana vocação de Deus em Cristo Jesus.” – Filipenses 3:12-14

Nunca tente justificar a sua “tatuagem” ou fazer parecer algo bonito.  Mostre verdadeiro arrependimento por sua vida passada e tente, na medida do possível, desfazer-se dela ou esconde-la.  Procure não ser causa de tropeço para outros jovens que possam te ver “exibindo” uma tatuagem.

“E disse-lhe Jesus: Nem eu também te condeno; vai-te, e não peques mais.” – João 8:11b

———————————————————————————————————————-

Leia também os artigos:

Siga-nos no twitter @bibliaabertaibe

Dúvidas? Mande um e-mail para contato@bibliaaberta.com.br.

Post Anterior